quinta-feira, 29 de novembro de 2012

comi a negrinha no mato

comi a negrinha no mato Tirei folga em plena quarta feira um dia normal ensolarado sem muito por fazer como eu adoro mato natureza pensei vou dar um pulo em mairipora que tem uma bela represa quando pegueo minha moto e virei a esquina quem eu encontro? a minha coleguinha pretinha do outro conto e ja veio logo sorridente me perguntando. e ai gato vai onde. eu ja falei onde iria e a convidei ela rapidinho aceitou. voltei em casa e pefuei outro capacete e pensei hoje eu vou meter gostoso com essa safadinha la na represa chegando la para o meu azar tinha muita gente e eu taradao pela negrinha. procuramos um lugar tranquilo ate tentei meter a rola nela na agua meamo mas sempre passava pessoas e nao dava certo tanto que desisti e falei para elaok esquece a transa e vamos curtir a agua. depois de muitos mergulhos decidimos retornar a nossa cidade. eu pilotando devagar percebi uma trilha que entrava mato adentro e a rola deu um toque. na hora parei a moto e retornei adentrando na trilha e falei para a minha safada tenho que foder xom vc hoje e vai ser agora. andeis uns trezentos metroa na trilha parei a moto e ja comessamos os beijo. eu adoro ela pois ela e muito safada e sabe que eu adoro um rabo. ficou agaxadinha no chao e começou a chupar a minha rola naquele jeito que ela sabe meu pau nao é grande oque facilitava ela engolir ele inteiro q delicia ver so as bolas para fora e ela com a cara de puta olhando para mim entao eu quase gozando falei para parar que seria a minha vez de dar esse prazer a ela. ela se apoiou na moto deixando aquele rabo maravilhoso a minha disposiçao e eu lambinha a bundia ate chegar na xana e ela se requebrava toda q delicia comexei a enfiar a lingua no cuzinho dele e chupar a xana e depois invertia lambendo o cuzinho e enfiava os dedo na raxa ate ela gozar pela primeira vez. ai fiquei em pé ayraz dela e meti na sua xana que estava pegando fogo que delicia e foder meti mais uns cinco minutos ate ela começar freneticamente anunciando o segundo gozoo como eu ainda nao tinha gozado e nao tinha camisinha ela ja sabia oque a esperava e concordou pois ela adorava. ja sei rezinho vc quer enrabar sua pretinha de novo e gozar no cuzinho dela né e eu falei uau como vc e esperta. entao ela se ajoelhou ao meus pés e iniciou outros boquejte mas dessa vez melecando muito minha rola com saliva e sempre pegando um pouco nos dedos e enfiando em seu propio xuzinho para deixar no ponto ai ela voltou a ficar em pé e falou vem meu tarado fode meu rabo filho da puta. e bem assim eu fiz. apontei minha rola na entradinha do cuzinho dela e fui emporrando empurrando ate chegar o fim e sentir toda aquela pressao de um cu rexem arrombado e ela começou a me xingar e falar alto ate fiquei com medo de alguem ouvir. vai tarado fode meu cu. arrebenta todas as preguinhas que vc deixou da outra vez. e eu fodendo com forca e ela nao parava mete filho da puta e eu rapido e com força la no fundo ate que nao aguentei e enchi o cuzinho dela e eu tb aos berros pois para mim nada mais naquele momento importava. foi uma gozada fantastica as pernas dela tinha porra mel de xana e um pouco se sangue do rabinho dela e nos nossos rostos muita satisfação

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Oi deixe seu comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...