Queremos saber quem você é?

quinta-feira, 29 de novembro de 2012

No Ônibus

No Ônibus Olá, meu nome é Fernando, hoje tenho 32anos, 1,77m, 74 kg, branco, olhos castanhos claros, cabelos castanhos corte na maquina. Este conto é verídico, aconteceu em novembro de 2006, eu tinha 28 anos. Estava saindo do trabalho, cansado e enfrentaria um ônibus cheio, sair do SCS¹* as 18h00min, entrei no ônibus (aqui em Brasília tem um circular conhecido como Zebrinha que é um microônibus), pegue este circular na frente do Pátio Brasil (shopping), não tinha lugar para sentar fui para o fundo e fiquei em pé. Umas três paradas depois e sente no ultimo banco do lado esquerdo, onde tinha acabado de desce um passageiro. Quando olhei para o lado direito viu um gato, mais ou menos 1,74m, 60 kg, branco, barba por fazer daquela ralinha, cabelos pretos liso, calça jeans desbotada, camiseta de cursinho pré-vestibular deveria ter uns 18, 19 anos. Quando olhei de novo ele estava segurando o pau, e marcando na calça, fiquei louco de excitação, disfarçava e olhava e ele percebeu e começou a fazer descaradamente. Passou mais duas paradas e desceram os passageiros que estavam no banco da minha frente e do que estava a frete dele, e fui senta de lado no banco da frente dele, e fiquei olhando para ele mexendo no pau e olhando para ele na cara dura. Ele não falou nada, só abriu o zíper da calça e tirou um pau lindo, de 19 cm, branquinho com uma cabeça rosada. Nisso olhou para mim e me ofereceu para pegar no pau dele com um sinal com a cabeça, fui e sente do lado dele e comecei a pegar, tinha aquela temperatura quente, e um cheiro de macho, não muito grosso mais proporcional, tipo de pau lindo que quando você ver já que cai de boca, comecei a punheta-ló, e ele sem falar nada. Continuei punhetando ele bem devagar, ele começou a passar a mão no meu pau, e nisso eu comecei a acelerar os movimentos, e abaixe mais um pouco a calça dele e comecei a pegar no saco dele grande e lisinho, e aquele pré-gozo saído do pau dele, passei o dedo no pré-gozo e coloquei na boca, o cara ficou doido e me falou: - Chupa o meu pau. Eu disse: - Aqui não dar. Ele: - Então continua batendo uma, na hora que eu for gozar você toma o leitinho? Eu: - Sim. Continuei batendo uma para ele, e faltavam duas paradas para eu descer, comecei a acelerar a punheta e ele começou a se contorce, e depois de uns minutos me disse que ia gozar, olhei rápido em volta e vir que o ônibus já esta vazio, e cai de boca naquele pau lindo, e de uma chupada engolindo todo aquele pau e ele começou a gozar na minha boca, engoli o leitinho daquele gato todinho, e ele gemendo baixinho, gozou muito, e me arrependi de não ter chupado antes... Continuei chupando mais um pouco, para deixar bem limpinho, e o gato não ficou de pau mole, guardei o pau dele na cueca e fechei o zíper, e agradeci pelo leitinho quente... Ele me disse que chamava Pedro Paulo, tinha 18 anos, e morava na 214 norte, trocamos o telefone, ele me disse: - Cara você chupa muito gostoso, vou te ligar para repetimos. Eu: - Vou ficar esperando. E desci uma parada depois da minha. Quando cheguei em casa, bati duas punhetas pensando nele e naquele pau, ele me ligou uma semana depois, marcando no mesmo ônibus, mais não ficou só no ônibus, mais isso eu conto depois, espero que tenham gostado desta aventura e comente. P.S.: Legenda do Titulo para quem não é de Brasília-DF. (¹*) SCS – Setor Comercial Sul. (²*) SQN – Super Quadra Norte (Casa e apartamentos Residenciais).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Oi deixe seu comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...